Aos apreciadores dos meus petiscos...um obrigado pela visita!

Acerca de mim

A minha foto
Coimbra, Portugal
Um blog onde partilho momentos ... emoções ... vivências ... experiências!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Rabanadas com doce!

Gosto tanto de rabanadas e já experimentei 
algumas receitas!

A rabanada é um doce típico
 da consoada portuguesa!
Contudo ao longo do ano
...
para aproveitarmos pão seco
ainda as "provamos e aprovamos"!



Uma vez vi uma receita na TV...
em que o gengibre e a laranja 
davam um toque especial 
a rabanadas feitas com pão cacete:





Ouvi numa reportagem que
em Alcobaça na doçaria conventual
 havia rabanadas
recheadas com creme de ovos 
(o que fica altamente doce)
e com doce de maçã
 (onde se saboreiam pedacinhos dela)
para os que não apreciam...tanta doçura!

A minha imaginação começou logo a funcionar!

Cortei uma fatia de pão de forma...ao meio.
Passei-as por leite morno e casca de limão (ralada).

Entalei doce de ameixa...que é um pouco ácido...
entre as duas fatias já demolhadas.


Passei por ovo batido...cuidadosamente...
de modo a não separar o conjuntinho.


Rapidamente ficam douradinhas...
dum lado e do outro!


Só fiz quatro com receio de não apreciar!


Mas foi um sucesso!

Vou diminuir ao açúcar
embora mantenha a canela!


Segundo pesquisa:

"Na França prepara-se 
com características similares
 o "pain perdu" ("pão perdido"), se bem que
 não se frite em azeite abundante
 mas sim numa chapa, conhecendo-se no Reino Unido
 e países de língua inglesa com "French toast".

Na Colômbia, Chile e Equador 
chamam-se "tostadas francesas";
na Guatemala se chamam "tostadas a la francesa";
e na fronteira norte do México "pan francés".

Na Argentina e Uruguai existe um modo simples
 de elaborar rabanadas 
(que podem ser chamadas nestes países "torrejas":
humedece-se com leite migas de pão comum,
e depois forma-se um bolo,
passa-se o bolo pela gema de ovo batido e
 frita-se e cada bolo pode ser polvilhado com açúcar.

Na Venezuela já foram conhecidas
 como "tacones",
 mas o termo caiu em desuso.

Nas Honduras as rabanadas são cozinhadas
 especialmente para a temporada natalina,
em que, logo depois da fritura a rabanada
 é molhada em sumo de fruta ou leite condensado."

Eu... experimentei o sabor das Honduras!


E por aí...

qual o segredo das rabanadas?!

6 comentários:

  1. Vou experimentar as rabanadas com doce de ameixa.EU COSTUMO FAZER AS FATIAS NUMA MISTURA DE LEITE AÇÚCAR E LIMÃO QUE TAMBEM GoSTO MUITO.Beijos.

    ResponderEliminar
  2. Gosto muito de rabanadas mas por serem fritas por vezes não me caem muito bem e por isso a minha mãe agora faz uma versão no forno. Esta versão que nos mostra parece ser deliciosa, uma verdadeira tentação! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  3. Não me perco por esse doce...mas a minha mãe adora!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  4. Gracinha, tenho de experimentar estas rabanadas recheadas com compota! Eu gosto de todo o tipo de compotas e estou convencida que assim ficarão deliciosas! beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Por aqui também fazemos na época do Natal, e eu amo rabanadas. Gostei muito dessa versão, parece ser uma delícia.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  6. Adorei esta versão que desconhecia... mais uma sugestão de dar mesmo água na boca...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar